pecados sexuais....pecados sexuais....      . Pecados Sexuais.

      Fujam da imoralidade sexual. Todos os outros pecados que alguém comete, fora do corpo os comete; mas quem peca sexualmente, peca contra o seu próprio corpo.

1 Coríntios 6:18

    Ora, as obras da carne são manifestas: imoralidade sexual, impureza e libertinagem; idolatria e feitiçaria; ódio, discórdia, ciúmes, ira, egoísmo, dissensões, facções e inveja; embriaguez, orgias e coisas semelhantes. Eu os advirto, como antes já os adverti: Aqueles que praticam essas coisas não herdarão o Reino de Deus.

Gálatas 5:19-21

    Porque esta é a vontade de Deus, a saber, a vossa santificação: que vos abstenhais da prostituição, que cada um de vós saiba possuir o seu vaso em santidade e honra, não na paixão da concupiscência, como os gentios que não conhecem a Deus; ninguém iluda ou defraude nisso a seu irmão, porque o Senhor é vingador de todas estas coisas, como também antes vo-lo dissemos e testificamos. Porque Deus não nos chamou para a imundícia, mas para a santificação.

1ª Tessalonicenses 4 ; 3 a 7

    Com a banalização dos valores familiares, a decadência moral, o aumento da vulgaridade e o relativismo dos tempos atuais, a espécie humana está cada vez mais perdendo o senso do que é certo e errado. Desta forma todas as práticas contrárias aos ensinamentos e as normas divinas estão proliferando por todos os lugares e de todas as formas, e dentro destas práticas nefastas uma das que mais excede são as sexuais.

   Quero destacar que a única relação sexual que não se enquadra como pecado diante de Deus é aquela praticada por duas pessoas de sexos opostos. Mentalmente, legalmente e fisicamente capazes, que estejam casadas entre si sob as normas estabelecidas por Deus e também que estejam de mutuo acordo em relação ao ato, o que divergir disto não passa de distorção humana e diabólica.

   Existem muitas práticas que são classificadas como pecado sexual, mas neste texto vou enfatizar quatro delas, o homossexualismo, a prostituição, o adultério e a fornicação.

homosexualismohomosexualismo   Homossexualismo:

   A Bíblia diz que Deus criou o sexo masculino e o feminino e não cita nenhuma outra variante ou alteração, logo a luz da Bíblia só pode ser considera uma relação sexual normal a união intima entre duas pessoas de sexos opostos, a luz da Bíblia a prática homossexual ou lésbica é sim pecado e pode ser classificada de abominação e torpeza, vejamos os textos.

   Se um homem se deitar com outro homem, como se fosse com mulher, ambos terão praticado abominação....

Levítico 20:13.

   Por isso Deus os entregou, nas concupiscências de seus corações, à imundícia, para serem os seus corpos desonrados entre si; pois trocaram a verdade de Deus pela mentira, e adoraram e serviram à criatura antes que ao Criador, que é bendito eternamente. Amém. Pelo que Deus os entregou a paixões infames. Porque até as suas mulheres mudaram o uso natural no que é contrário à natureza; semelhantemente, também os varões, deixando o uso natural da mulher, se inflamaram em sua sensualidade uns para como os outros, varão com varão, cometendo torpeza e recebendo em si mesmos a devida recompensa do seu erro. E assim como eles rejeitaram o conhecimento de Deus, Deus, por sua vez, os entregou a um sentimento depravado, para fazerem coisas que não convêm.

Romanos 1 ; 24 a 28.

   O texto de Romanos 1 é claro e diz que as mulheres e os homens mudaram o uso natural e se desonram entre si no tocante ao uso dos órgãos sexuais, mas isto não os tornam homossexuais, gays, lésbicas, transgêneros ou qualquer outra definição que se possa dar a estes distúrbios e práticas. Tais pessoas continuam sendo homem e mulher, veja bem que o texto diz homem se deitar com outro homem, não diz homem se deitar com gay, com trans ou algo parecido, mas com outro homem e também não diz que eles se tornam um só carne como é o caso citado quando o ato é praticado entre um homem e uma mulher, mas que eles comentem abominação e torpeza.

   A própria ciência identifica apenas os cromossomos X e Y  como responsáveis pela definição do sexo masculino ou feminino, não cita um terceiro ou quatro cromossomo que poderia dar origem a outros sexos.  

   Não podemos negar que existem pessoas que por algum distúrbio não se conforma com os órgãos genitais que nasceu e tenta viver achando que é do outro sexo, temos os distúrbios hormonais, físicos, psicológico, culturais, sociais e ate mesmo espirituais que fazem as pessoas achar que deveria ter nascido com outro corpo, estes casos são inegáveis, assim como é inegável o fato que tais distúrbios que geram estes transtornos hormonais, culturais, sociais, físicos, psicológicos e espirituais são produtos do estado pecaminoso que a raça humana está vivendo após a entrada do pecado, ou seja, tudo isto é consequência do pecado e do uso indevido das escolhas individuais. Mas nada disto cria um terceiro ou quarto sexo para a raça humana, fomos criados, somos e vamos continuar sendo homens e mulheres, logo qualquer prática concebida entre duas pessoas do mesmo sexo pode ser classificada de abominação e torpeza.  

   Todos os seres humanos são livres para praticar o que quiser e denominar suas práticas como bem entender, mas a razão e a verdade estão acima da liberdade. Sendo assim duas pessoas do mesmo sexo podem se casar civilmente, podem assumir seu relacionamento socialmente, pode fazer de tudo, pode ate achar algum 'pastor' que queira celebrar a cerimonia matrimonial, mas o fato é que eles continuarão tendo o sexo com que nasceu e nunca poderão praticar uma relação sexual aceitável como santa diante de Deus. 

   Nem vou citar minha fé para questionar os malefícios desta prática, vou me pronunciar como espécie, se dependermos do homossexualismo estamos fadados a extinção. São improdutivos na essência da palavra. Os humanos deixariam de existir dentro de 100 anos, dados aos fatos de que pessoas do mesmo sexo não reproduzem entre si e que 100 anos é a expectativa máxima de vida e que não nasceria mais ninguém após este prazo.   

   Dadas as devidas informações sobre esta abominação, me resguardo o direito de sequer citar os textos que a condena como pecado, pois são muitos e amplamente conhecidos. 

prostituiçãoprostituição   Prostituição:

   A palavra prostituta merece uma analise mais ampla do que a habitual, a definição mais comum de prostituta é esta: Pessoa que prestam serviços sexuais em troca de dinheiro, este é o conceito social que temos da prostituição, mas também podemos classificar como prostituta qualquer pessoa que pratique o ato sexual com intenção de receber algo em troca, mesmo este algo não sendo dinheiro. O único tipo de sexo que não se enquadra na concepção total da palavra prostituição é o que não se recebe nada em troca que não seja o prazer do ato em si.  Qualquer outro “algo” que tenha recebido, receba ou espera receber em troca do sexo pode ser entendido como “pagamento” que torna o ato em prostituição.

   É errado dizer que prostitutas são somente pessoas que ficam nos bordéis ou avenidas esperando clientes e que cobram valores em dinheiro pelo ato sexual. Podemos classificar muitos outros meios como pagamento, dos quais destaco: Favores, presentes, status, emprego ou a permanência nele; posso citar as seguintes situações:

prostituição 01prostituição 01   - A pessoa que mantém relação sexual com superiores para conseguir emprego, para permanecer nele ou ser promovido de cargo. No cadastro da empresa estão definidos os tipos de serviços e salários, “favores sexuais” não devem constar ali nem como “horas extras” e “admissão, promoções ou permanência” não devem constar como “aditivos”. Nestas situações os envolvidos dizem está tendo “um caso” e a palavra “amante” é socialmente mais aceitável que prostituta, mas independente dos termos empregados o sentido é o mesmo.

   - Quem “fornece” sexo para “celebridades” famosas a fim de conseguir status e fama. Este é o caso das “Marias chuteiras”, a mídia hoje está recheada deste tipo de “artistas” que usaram a fama dos outros como degraus e “forneceram” o sexo como pagamento, e a palavra prostituta é a única que define estes casos.

   - Todos que recebem “presentes” de “amigos” e os pagam com sexo, estão se prostituindo no sentindo mais amplo da palavra, mas a sociedade insiste em taxar estes tipos que fazem “favores sexuais” de “ficantes”, nestes casos a palavra prostituta seria mais apropriada e teria um tom mais decente.

   - Mas o pior tipo de prostituição são os casos onde envolve a gravidez e ate mesmo o casamento, este tipo premeditado é o mais maquiavélico possível. Muitas pessoas se engravidam e ate mesmo casam usando o sexo como arma de sedução apenas pensada nos “pagamentos” futuros que nestes casos vêm em forma de “pensão”, “partilha de bens” e ate mesmo “heranças”, são os chamados casos e casamentos por interesses que geram as famosas “ex-esposas” e as “viúvas negras” que nada mais é do que a forma mais inescrupulosa de prostituição. Nem as prostitutas convencionais usam o jogo de sentimento para seduzir seus clientes, me sinto ate constrangido em taxar de prostituta uma pessoa que se engravida ou se casa de olho no patrimônio alheio, pois estou ofendendo as prostitutas que verdadeiramente deixam claro as intenções de seus atos.      

   Os quatro exemplos acima se enquadram perfeitamente como prostituição sexual de forma “extraoficial” e estão praticando “concorrência” desleal com as “garotas de programa”, então deixemos a hipocrisia de lado e não taxemos de prostitutas apenas as pessoas que estendem a mão esperando o dinheiro após o ato sexual, muitos dos que apontam o dedo taxando uma pessoa de prostituta tem três apontando para ela mesma e pode está se vendendo mais que as prostitutas que esperam seus clientes em bordéis e avenidas, que inclusive merecem mais respeito que as “demais”. Esclarecido estes pontos podemos tratar a prostituição clássica ou qualquer destes tipos de prostituição como pecado.

   Adultério:

adultérioadultério   Podemos classificar o adultério como o relacionamento sexual entre duas pessoas de sexo oposto; e que um, ou ambos, sejam casados com outro. 

  Em edição.................

 

 

 

 

fornicaçãofornicaçãoFornicação.

   Em edição....

 

 

 

 

Pornografia

   - Contato sexual animais = Zoofilia.

   - Contato sexual com cadáveres = Necrofilia.

   - Contato sexual com crianças = Pedofilia.  

   - Contato sexual com objetos = Bizarrice.

   - Contato sexual com outras partes do próprio corpo = Masturbação.

   - Contato sexual forçado = Estupro e abuso.

     

   Fiquem na paz.

   Edigar Caires Lima